Quando ela está perto dele

23:09

Ela está lá do lado dele... Sempre  quando ele a olha ela coloca inconscientemente o cabelo atrás da orelha. Ela sabe que ele a acha mais bonita quando ela joga o cabelo para trás. Mas ela não consegue entender que é automático, que suas mãos tem vida  própria quando ele está por perto. Ele a observa e acha lindo quando ela fica assim, e geralmente ele a encara mais vezes só para ver aquela cena se repetir. A boba da garota nem consegue olhar nos olhos dele. Ela achava irritante como ele a intimidava. Era  inexplicável como ela ficava quando ele passava alguns minutos sentado do lado dela... Suava frio, mexia na caneta ou no celular a todo momento, olhava para ele de canto de olho e ele percebia e apenas sorria. Ela odiava aquele lindo sorriso. Mas ela também sorria junto com ele. Sem nenhum dos dois falarem eles entendiam aquela mistura de sentimentos.

Ela pensava  que talvez se ele visse ela em casa de shorts surrado e um coque... Dias com top... Dias com blusão... Talvez ele iria achar ela feia. Ela se espantava com a ideia de ele vê-la algum dia sem maquiagem. Apesar do rosto lisinho e sem nenhuma espinha. Ela agradece por nunca precisar entupir o rosto de creme contra essas coisas. Por outro lado ele já estava acostumado em vê-la com a franja perfeitamente lisa e jogada a cada dez segundos para trás. Ele amava a sapatilha rosa, a floral, a branca e a preta que ela sempre usava. Ele amava quando a olhava e via o quão baixinha ela era. Mas ela odiava, preferia ter os dez centímetros a mais que aquela sandália de salto dava pra ela quando a usava. Mas o  que ele  queria mesmo era vê-la sem  aquela sapatilha rosa e suas inúmeras bolsas. E sim de coque e blusão. De preferencia aquela blusa branca dele.

Raras vezes ela mostrava pra ele seus textos e ele respondia "hum". Ela odiava os seus inúmeros "humms". Tinha "hum"  pra quando ele estava triste, com ciúmes, com raiva, sem assunto, ou simplesmente para fazer raiva para ela. E ela conhecia cada "hum" daquele. Ela amava a Clarice Falcão, Sandy, Vanessa e Anitta e outras cantoras que teimavam em cantar a vida dela por aí sem pedir autorização. E ele sempre dizia que não gostava da voz enjoada e melosa de cada uma delas. Ele sabia que ela tinha 18 anos, que a cor preferida dela era rosa, que ela  amava rímel e franja lisinha. Ela ainda estava  em dúvida se a  idade dele era 23, 24, ou 25. Se sua cor preferida era azul, branca ou vermelha. Se ele queria casar, ficar solteiro ou namorar. Ela só sabia que mesmo depois de 3 anos ela ainda se sentia aquela garota boba de sempre ao lado dele.

You Might Also Like

6 comentários

  1. Também Luciana. Mas não sei o que aconteceu, mas foi restaurado sozinho e voltou ao meu primeiro layout. E como eu não tinha o download do outro... Acabei perdendo:/ Mas não mudou quase nada... Só as cores e a imagem do fundo.
    E como estou pensando em comprar um layout, vou deixar esse mesmo até ficar pronto o outro.
    Estou trabalhando nisso! :)

    ResponderExcluir
  2. que texto lindo! até salvei aqui no word.... lindo <3
    *-* littleclumsyprincess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own... Feliz por ter gostado Maria Luíza!
      Beijo

      Excluir

Popular Posts

Instagram

Inspiração do Dia

Inspiração do Dia