Minha Paixão

08:03

Por muito tempo não consegui decifrar o que o meu coração sentia, quando estava naquela sala escura com você passando a mão na minha perna. Não conseguia saber que mistura de sentimentos era aquela, mas sabia que queria beijar seu pescoço e morder sua orelha. Se eu avançasse você se entregaria e no final, seria ótimo amassar sua camisa gomadinha e cheirando a amaciante.

Na verdade desde aquele dia em que conversamos por mensagens e nossa conversa acabou em cima da sua mesa não tiro você da minha cabeça. Não tiro seu cheiro da minha nuca. E o seu jeito do meu pensamento. Até hoje espero uma mensagem sua. Mas sempre me lembro de que depois de você troquei de número 4 vezes. E na verdade foi até melhor. Se não minha paixão já teria virado amor.

Não sei por que você veio falar comigo na praça, em meio à multidão. Não faça mais isso. Isso me desconcerta. Eu fiquei com a perna bamba. E lembrando cada detalhe dos nossos momentos às escondidas. Seu jeito de pegar no meu cabelo, de andar, de me abraçar me paralisa. E eu fico boba, mas disfarço quando você vem. Converso como se seu hálito não causasse efeito algum em mim. Você de bobo acredita e me acha insensível. Talvez um tapa na sua cara faça você acordar e me raptar para o seu apartamento.

Só pra constar eu vou gritar. E se você desistir eu vou te chamar de otário. Quero que você me leve com você, que suba comigo pelo o elevador e entre um andar e outro me puxe para um abraço e me diga que vai ficar tudo bem. Só quero dizer que eu vou acreditar nas suas palavras, e se você não as cumprir eu irei sair da sua vida como eu fiz da última vez.

Na verdade esqueci de que com você nada é previsível. E você não vai me prometer o que não pode cumprir. Na verdade você não vai me prometer nem o que pode cumprir. Você só vai querer me beijar. Jogar conversa fora. Chamar-me de patricinha. Comentar sobre a última vitória do flamengo. E eu vou estar ali. Vou dizer que sou moderna e que não ligo para sentimentos, mas que adoro rosa e contos de fadas. E que eu gritei horrores quando o flamengo goleou o palmeiras de 4 a 2.

Mentira minha. Não sou moderna, sou menininha. Sonho com você sendo meu príncipe encantado. E com a nossa casa perfeita cheia de livros na estante, e exatas nas paredes. Não se preocupe eu sou louca por futebol tanto quanto você. Mas eu quero assistir uma partida de um clássico na globo em uma quarta-feira a noite antes de a gente dormir de conchinha no nosso quarto. Quero acordar de manhã e ver seus olhos como minha primeira cena. Quero tomar café ao seu lado na varanda. E ver o sol raiar lá fora.

Só não quero ter que te esperar por muito tempo. Só não quero mudar a data da minha primeira gravidez. Só não quero adiar a compra do nosso futuro apartamento. Eu só quero ser a sua menininha.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Tem monetos em nossa vida que são inesquecíveis mesmo!
    É sempre bom lembrarmos de momentos como esse que vc descreveu.
    Belo post!
    Bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim momentos ótimos. O bom do escritor é que se pode imaginar os momentos melhores do que realmente acontece.
      Obrigada. Beijos.

      Excluir
  2. Poxa guria,quanto amor,em? Fui me perdendo nos detalhes e imaginando cada cena. Me encontrei quando falou sobre se apresentar insensível mas sonhar em viver um conto de fadas. Também sou assim. Sorte para esse teu amor. Mas deixa que o destino tudo ajeita... Quando der de uma passadinha no meu blog,adoraria ter sua opinião por lá. No pior irá ganhar uma amiga blogueira.Beijinhos,
    http://luizadevaneios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério?! Adoro causar essa sensação nas pessoas... Somo duas então... Haha
      Beijão

      Excluir

Popular Posts

Instagram

Inspiração do Dia

Inspiração do Dia