Eu aprendi sendo blogueira

15:56

Muitas pessoas me perguntam o porque que eu criei um blog. O porque de estar aqui quase todos os dias sem ganhar nada. No começo meu pai me fez uma pergunta: Será se vale a pena? Bom depois de pensar muito sobre o assunto e sobre essa pergunta cheguei a conclusão que sim. Mas aí a engraçadinha da vida me fez outra pergunta: E porque sim?

Decidi desafiá-la e responder todas as perguntas que ela vinha me fazendo há tempos. Resolvi criar uma sessão de posts que irão responder minhas perguntas internas sobre o que eu aprendi nesse 1 ano e 5 meses sendo blogueira.

Será se vale a pena?

Mesmo não sendo remunerado e querendo ou não manter um blog dá trabalho! Produzir um conteúdo, pra mim não é tão difícil, mas tenho que sacrificar algumas horas do meu dia para pensar em quais tipos de posts eu quero no meu blog. E depois mais algumas horas para por em prática e pegar cada título e ideia que eu criei para formar textos coesivos, que possa trazer alguma informação nova para quem ler o meu blog. Mesmo que seja algo pessoal, como a maioria das postagens, mas tento passar algo que possa ajudar tanto eu com o meu desabafo, quanto vocês a absorver e aprender algo de bom do que eu escrevi.

Como no caso das minhas postagens mensais da categoria Morando Sozinha, comecei a falar sobre isso para ter como desabafar, para minha mãe ficar mais próxima de mim de alguma forma e também para vocês que pensam em morar sozinha, ou que já está tudo planejado para isso. Para vocês verem que não é tão legal como na nossa imaginação e que tem seus lados positivos e negativos dessa fase.

Claro que em alguns dias tem algo de fútil por aqui, como no caso dos queridos looks do dia, tags... Mas se você ler com calma essas postagens que parecem serem fúteis. Você vai ver que nela tem algumas dicas, alguns truques de roupas, alguma informação sobre a MINHA OPINIÃO relacionado à moda.

Eu gosto de estar aqui, mesmo que eu supra algumas horas do meu dia, onde eu poderia estar lendo algum livro. Assim eu ficaria um livro mais inteligente. Mas eu sei que se eu excluísse meu blog hoje, sentiria muita falta... De postar meus looks... De postar minhas fotos... De escrever um conto, ou uma crônica, ou um texto falando sobre algo que aconteceu na minha vida... E mesmo que eu escrevesse e guardasse na minha segunda gaveta da minha cômoda branca, não seria a mesma coisa. Por um tempo essa tática serviu pra mim. Mas hoje não. Hoje eu não quero perder mais nenhuma palavra que eu escrever. Não quero que os cupins coma meus "éses" no final das palavras. A tecnologia está aí, vamos fazer bom uso delas. E essa é  uma das minhas formas de fazer bom uso da tecnologia contemporânea.

Vale sim a pena está aqui. Meus pais e amigos imaginam que eu me expondo assim possa ter algum dano futuramente. Mas todo mundo que eu conheço tem alguma rede social e falam das suas vidas pessoais nelas. Um desabafo. Uma indireta. Uma homenagem para alguém especial. E como em toda rede social tem que haver uma moderação da parte do usuário, peneirar o que se posta, ver o que é necessário realmente. Tenho certeza que você já tirou uma foto de você, no primeiro momento amou, mas depois de olhar direito você desistiu de postar no facebook. Ou simplesmente seu amigo te marcou em uma foto que você estava horrível e você foi lá desmarcou, denunciou e implorou para ser apagada. Haha. Pois é. O blog é a mesma coisa, eu vejo, revejo, estudo tudo o que eu posto aqui. E no final quando eu recebo um comentário eu me sinto realizada.

Quando alguma amiga minha me liga perguntando onde eu comprei aquela saia, ou aquele sapato. Ou me chama no whatsaap perguntando onde eu comprei tal produto, qual foi minha inspiração para escrever tal texto. Já fico sentindo que eu fiz a minha parte. Alguém se identificou com o que eu escrevo.

Hoje meus pais e quem está próximo de mim sabem que eu gosto do meu blog, que eu faço tudo isso porque simplesmente  me sinto bem fazendo. E o mais importante é que com a ajuda do blog eu aprendi a administrar meu tempo direitinho. Desde quando eu estudava para o vestibular. Eu sempre vinculava meus medos e estudos com o blog. Essa foi uma forma de me entusiasmar para passar no vestibular.  E deu certo.

Quando eu olho minhas postagens antigas percebo que o meu propósito de ter um lugar para mim foi alcançado. Então sim. Vale a pena.

E vocês o que acham? Vale a pena ter um blog?

You Might Also Like

4 comentários

  1. Vale muito a pena, quando se gosta do que faz. Se você não gosta de escrever nem de fotografar e quer só ganhar dinheiro, longo desiste. www.alemdolookdodia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Gabi. Nem adianta criar se for para esse fim. A blogueira tem que focar na sua vida e nos seus estudos e o que tiver que vim virá!

      Excluir
  2. Muita gente me questiona se vale a pena. Sempre vou dizer sim! É legal ver pessoas que pensam como eu :)

    www.ataldacandy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Que bom que pensamos iguais.
      :))

      Excluir

Popular Posts

Instagram

Inspiração do Dia

Inspiração do Dia